Com paralisação há 40 dias, servidores do Detran tem audiência com diretor do órgão

Assembleia servidores Detran

Com mais 40 dias em greve, os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) participam nesta terça-feira (13) de uma audiência com o diretor do órgão e pode definir sobre a paralisação, que já afeta aos usuários e empresários que atuam na área. A paralisação desativou 100% dos serviços disponibilizados pelo órgão.

Roberto Martins, presidente do Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Sinsdal), afirma que os trabalhadores estão abertos ao diálogo, mas é preciso que o governo do estado sinalize para uma negociação.

“Todos os servidores do Detran estão sem receber e a situação para muitos é crítica. Tem gente que paga pensão e estar com medo de ser preso devido a esse atraso. Dessa forma nós precisamos de um sinal do governo do estado. Até lá, a greve continua”, disse Martins.

Reivindicações

A categoria pede a realização de concurso público para o preenchimento de 140 vagas, autonomia administrativa e financeira do órgão e a revisão do Plano de Cargos e Carreiras.

De acordo com o sindicato, o Detran possui 340 servidores efetivos, dos quais 50 estão afastados devido a doenças ocupacionais e cerca de 70 devem se aposentar a partir do primeiro trimestre de 2018.

Uma nova audiência de conciliação foi marcada para o dia 8 de março com a presença de representantes do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), Seplag, direção do Detran e sindicalistas.

 

Fonte: Cadaminuto

COMPARTILHE
Fechar Menu