Flávio Araújo avalia elenco do CSA e reconhece ‘excesso de centroavantes’

Leandro Kível foi um dos primeiros reforços do CSA (Foto: Ascom CSA)

O CSA contratou três centroavantes para a próxima temporada: Leandro Kível, Juliano Levak e João Victor. Também renovou com dois que são remanescentes da Série C, Michel e Maxuell. O sexto jogador para o setor é Giva, que também pode fazer a função de camisa nove. Após a primeira semana de treinos, o técnico Flávio Araújo fez uma análise do elenco e reconheceu o excesso de centroavantes.

– Todas as contratações feitas no CSA foram através de reunião. Com relação a quantidade de centroavante, excedeu. É um fato. O torcedor, por mais leigo que seja, sabe que um elenco com seis centroavantes é um excesso. Vamos ter que trabalhar no sentido de tentar encaixar todos. Logicamente, não vão jogar os seis. Vai jogar dois de início? Pode até ser, mas é raro. Vai jogar um. Mas com relação ao setor, excedeu – admitiu o treinador.

Flávio Araújo também explicou que pretende manter Michel como centroavante. Na Série C, o atacante chegou a sair da função e foi jogar aberto, para a entrada de Daniel Angulo, mas não funcionou. Com oito gols, Michel foi decisivo na reta final e acabou a competição como vice-artilheiro.

– O Michel jogou por muito tempo no lado do campo, mas ele se encontrou como atacante de área. Então, não penso em mudar isso. Ele se adaptou bem na posição, lógico que ele larga na frente pelo fato de ser nosso artilheiro e o time está adaptado com a maneiro de jogar – disse o treinador.

Fonte: Globoesporte

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA