Gás de cozinha sobe 6,9% a partir de hoje

Menos de um mês depois de ter reajustado o preço do gás liquefeito de petróleo – o chamado gás de cozinha – em 12,2%, a Petrobras autorizou ontem um novo reajuste do produto, desta vez em 6,9%, em média. De acordo com a decisão do Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp) da estatal, o novo aumento passa a valer a partir desta terça-feira, 26.

Com o reajuste sofrido no último dia 5 deste mês, o botijão de 13 kg passou a ser comercializado em Alagoas por até R$ 75. O novo reajuste pegou de surpresa até os revendedores de gás de cozinha em Alagoas, que esperavam uma alta somente para o próximo dia 5 de outubro.

Ontem, o presidente da Associação dos Revendedores de Gás de Alagoas (Argal), Laedson Ferreira Soares, revelou que o reajuste dificilmente será repassado ao consumidor final. Segundo ele, como a categoria esperava um aumento somente para o dia 5 do próximo mês, deve absorver o reajuste anunciado ontem. “Não tem condições de repassar esse aumento para o consumidor final”, ressalta ele, deixando claro, no entanto, que a decisão compete a cada revendedor.

Segundo a companhia, o ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos. Pela estimativa da Petrobras, se a elevação for repassada integralmente aos preços ao consumidor, o preço do botijão de GLP P-13 pode ter alta, em média, de 2,6% ou cerca de R$ 1,55 por botijão.

 

Fonte: Gazetaweb

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA