Números de Mazola se assemelham aos de Dado Cavalcanti no CRB

Mazola Júnior foi anunciado, na tarde desta segunda-feira (18), como o novo técnico regatiano para a sequência da temporada. Ele retorna ao clube após um ano e meio. Em 2016, foi campeão alagoano, completou mais de 100 jogos à frente do CRB e ajudou o Galo a construir sua melhor campanha na Série B, quando encerrou o Brasileiro na 7ª posição.

E Mazola volta a liderar o time alvirrubro somente um dia após a demissão de Dado Cavalcanti, cuja passagem pelo CRB, apesar de já interrompida, assemelha-se – percentualmente – ao do colega de profissão.

Dado Cavalcanti chegou ao clube em junho deste ano, após a sequência de cinco derrotas consecutivas do Galo na Série B, quando ainda comandado por Léo Condé. Logo na estreia, venceu o ABC-RN fora de casa por 3 a 1 e engatou oito jogos de invencibilidade. Entretanto, os resultados não vieram no returno da Segundona. Em cinco jogos, o time amargou três derrotas, um empate e apenas uma vitória, perfazendo um aproveitamento de apenas 26,66%.

Mesmo com o desempenho aquém do esperado nas últimas partidas, Dado contabilizou, em 16 jogos, sete vitórias, cinco derrotas e quatro empates, alcançando 52,08% de aproveitamento.

E ainda que tenha ficado por mais tempo no CRB, proporcionalmente, a campanha de Mazola no Galo é similar. Com 102 partidas, o treinador acumulou 47 vitórias, 36 derrotas e 19 empates. Ou seja, o aproveitamento foi de 52,28% – apenas 0,20% superior à performance de Dado Cavalcanti, apesar de o título estadual, por exemplo, ter pesado em favor do primeiro.

Mazola Júnior chega ao CRB acompanhado do auxiliar técnico Marcelo Henrique e já comanda treinamento na tarde desta terça-feira (19), no CT Ninho do Galo. Hoje, o representante alagoano ocupa a 13ª posição da Segundona, com 32 pontos.

 

Fonte: Gazetaweb

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA