Técnico do CSA não reclama do empate e aprova estreia de Edinho e Angulo

Ney da Matta, técnico do CSA (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

O Técnico do CSA, Ney da Matta não costuma reclamar de empate. Não reclama nem em casa, diz que vale para o time ir pontuando na Série C. Fora, o resultado é melhor ainda. Foi isso que ele disse na coletiva após o 0 a 0 contra o ASA, neste sábado, em Arapiraca.

– Campo ruim demais, piso muito fofo. No segundo tempo, passamos a jogar, criamos. E agora é um pouquinho de paciência para fazer o gol, empurrar a bola pra dentro. Foi um resultado legal. Vamos pontuando na competição que nós vamos classificar bem. A competição exige. Nós chegamos no G-4 e não queremos sair do G-4, queremos nos manter entre o primeiro e o segundo – comentou o técnico.

Ney lembrou que precisou fazer três alterações no segundo tempo, até pela falta de ritmo dos estreantes e o desgaste. Ele elogiou o meia Edinho, um dos destaques do Azulão no clássico.

– Mais uma vez, tivemos que mexer três vezes porque não tinha jeito, né? Angulo muito tempo sem jogar, o Celso… Então, assim, você vai encaixando.. Eu falei para o pessoal: “Quem entrar tem que dar sequência ao trabalho”. Thales jogou bem, Celsinho jogou bem, Angulo entrou no jogo depois, Edinho foi muito bem.

Sobre o centroavante Angulo, Ney disse que gostou da entrega, da disposição do jogador, que teve três oportunidades para marcar.

– Tinha que colocar ele pra jogar. Ele me surpreendeu positivamente. Lutador, batalhador, teve a chance de fazer o gol e, infelizmente, não deu. Mas a luta tá encorporada dentro daquilo que a gente pensa, de fazer um futebol coletivo, fazer um futebol operário. Então, vamos caminhando.

Fonte: Globoesporte

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA