CRB vence o Figueirense dentro de casa e se aproxima do G4 da Segundona

Élvis marcou o seu primeiro gol com a camisa regatiana
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

O CRB venceu o Figueirense por 2 a 1, na noite desta terça-feira (11), no Estádio Rei Pelé, e chegou ao quinto jogo seguido sem perder na competição.  Os gols da partida foram marcados por Élvis e Flávio Boaventura no primeiro tempo e na segunda etapa o Figueira descontou com o atacante Henan.

Com o resultado, a equipe regatiana chegou à 6ª colocação com 20 pontos, ficando a três pontos do G4.  Já o Figueirense, segue na zona de rebaixamento, mas caiu uma posição e agora está ocupando a 18ª colocação.

No próximo sábado, o CRB enfrenta o Internacional, também no Estádio Rei Pelé, pela 14ª rodada da Segundona. E o Figueira terá pela frente o Brasil de Pelotas, fora de casa na sexta.

O jogo

A partida teve início com um Figueirense melhor, buscando mais o ataque, mas não demorou muito para o CRB igualar as forças e  principalmente pelo lado direito de campo, onde a equipe encontrou o famoso ?mapa da mina?, conseguindo as melhores chances de gols.

O time regatiano  teve duas boas chances,  aos 10 e aos 24, sendo puxadas por Edson Ratinho, que fez um bom primeiro tempo, buscando o ataque . O camisa sete enfiou para Erick Salles, em um contra-ataque, que tocou para o meio da área, onde estava Zé Carlos, que antes de chegar na bola, a defesa do Figueira colocou para fora, passando perto do gol de Saulo.

Segundo gol regatiano fo marcado pelo zagueiro Flávio Boaventura
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

No outro bom momento antes dos gols, Zé Carlos arrumou de cabeça para Marcos Martins, que sem deixar a bola cair, soltou uma paulada. Mas a bola acabou passando por cima do gol do time Alvinegro.

A partida ainda foi marcada pelo reencontro da cria da regatiana, Luidy vendido ao Corinthians e emprestado ao Figueirense. Mas foi apagado em campo, com a marcação regatiana conseguindo anular suas jogadas.

De tanto insistir, a equipe regatiana acabou conseguindo abrir o placar aos 36 mais uma vez com, Edson Ratinho puxando o ataque, tocou para Danilo Pires, que com um ótimo passe no meio da defesa, achou Élvis, que de primeira, mandou no canto esquerdo do gol, fazendo o primeiro com a camisa regatiana.

O segundo gol aconteceu aos 45 minutos, depois de Diego cobrar ótima falta, a bola bateu na trave e na mão do goleiro, no rebote, o zagueiro Flávio Boaventura, completamente sozinho, apareceu para empurrar para o fundo das redes. Acabando a primeira etapa com o Galo na frente.

Segundo tempo

Na segunda etapa, houve uma mudança na forma que as equipes começaram o jogo. O Galo iniciou melhor, com o mesmo ímpeto da primeira etapa, mas com as entradas de Patrick e Índio no lugar de Weldinho e Jorge Henrique, o time Alvinegro ficou melhor.

Partida marcou o reencontro de Luidy com o time do CRB
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

E aos 5 minutos, Índio encontrou bem Hernan dentro da área, e no vacilo da zaga regatiana, conseguiu dominar e chutar forte sem chances parra o goleiro regatiano.

E como foi no empate diante do Boa Esporte, fora de casa, Edson Kolln se destacou e fez ótimas defesas para garantir a vitória regatiana. Uma delas aconteceu aos 21 minutos, quando Henan, mais uma vez, recebeu passe dentro da área e chutou forte, e Kolln faz excelente defesa colocando a bola para escanteio.

O camisa um seguiu da mesma forma fazendo boas defesas. Para buscar uma melhora, Dado Cavalcanti colocou Mailson no lugar de Erick Sallles e Rodrigo no lugar do volante Yuri.

Os dois times ainda fizeram suas duas últimas substituições. No CRB entrou Toni no lugar de Élvis e na equipe Alvinegra, saiu Julinho para dar lugar a Iago.

Com as alterações, o time regatiano ficou mais veloz, buscando contra atacar. E aos 44, a equipe regatiana perdeu uma chance clara para decretar o fim do jogo. Quando Zé Carlos lançou Mailson, que ficou cara a cara com o goleiro Saulo, mas chutou nas pernas do defensor.

 

Fonte: Globoesporte

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA