Banco é multado após descarte de lixo na Avenida Fernandes Lima

Resto de material de construção se acumula no passeio público FOTO: FELIPE BRASIL/ GAZETA DE ALAGO

Após denúncia de descarte de lixo irregular em trecho da Avenida Fernandes Lima, no bairro Gruta de Lourdes, em Maceió, a Superintendência Municipal de Limpeza Urbana (Slum) multou, na manhã desta segunda-feira (10), o Banco do Brasil. É que o resto de material de construção utilizado durante reforma realizada numa das agências da instituição financeira.

Segundo o superintendente da Slum, Davi Maia, a agência bancária terá de pagar uma multa no valor de R$ 5 mil, tendo, ainda, que contratar uma empresa licenciada para o recolhimento do material.

Ainda de acordo com o superintendente, Maceió dispõe de ecopontos que são destinados ao recebimento deste tipo de lixo, apesar de, segundo Maia, o banco não ter recorrido a nenhum destes ecopontos para evitar o acúmulo do lixo no passeio público.

E o superintendente reforçou à reportagem da Gazetaweb que a Slum realizará, durante toda a semana, operações para combater este tipo descarte irregular.

Já a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Sedet) também cobrará uma multa, de valor não divulgado, pelo fato de o banco não ter autorização do órgão para realizar a obra em questão.

O Banco do Brasil, por sua vez, ainda não se manifestou a respeito.

 

Fonte: Gazetaweb

COMPARTILHE

DEIXE UMA RESPOSTA