Um olho no CSA, outro na Série B: CRB joga pelo Brasileiro na próxima sext

O clima é de decisão no CRB. No domingo, o time tem a chance de ganhar o terceiro título Alagoano seguido e também o terceiro sobre o maior rival na década. Apesar do valor da partida, a atenção no clube fica dividida com o maior desafio da temporada. O Galo está a uma semana de estrear na Série B.

Após o clássico, o CRB terá pouco tempo de preparação para a competição nacional. A chegada de reforços e as regularizações vão ganhar destaque. Dois reforços foram anunciados pela diretoria: os meias Élvis e Rodolfo. Eles abriram o período de contratações no Galo. Em comum, os dois chegaram após passagem pelo futebol paulista no estadual.

O mercado de São Paulo costuma ser o mais explorado pela diretoria do Galo para reforçar o time. No ano passado, quatro jogadores foram contratados para o Brasileiro após disputarem o Paulistão: atacante Rodolfo (Capivariano), volante Wigor (Capivariano), meia Gérson Magrão (XV Piracicaba) e o zagueiro Adalberto (Linense).

Primeiras rodadas

Nas dez primeiras rodadas, o CRB joga seis vezes em Maceió e tem quatro partidas fora de casa. A estreia vai ser no Estádio Rei Pelé, contra o Ceará, no dia 12 de maio. Para a segunda rodada, o Galo tem uma semana livre de treinos e volta a jogar no dia 20, diante Luverdense, no Mato Grosso. A base do time titular, que jogou o Alagoano, deve ser mantida para o início da Série B. Os reforços vão esperar para ganhar espaço. O time deve ser formado por Juliano; Marcos Martins, Flávio Boaventura, Gabriel e Diego; Adriano, Yuri, Edson Ratinho e Chico; Mailson e Neto Baiano.

No ano passado, a campanha do CRB no começo da Série B deixou o time no G-4. O Galo venceu seis jogos e perdeu quatro, nas dez primeiras rodadas, e manteve o ritmo durante o primeiro turno. Na virada, os reforços não encaixaram, o time perdeu fôlego e caiu de rendimento. O CRB encerrou a competição no sétimo lugar, com 55 pontos, atrás do G-4 por cinco pontos.

Fonte: Globoesporte

Fechar Menu