CT ou ambulatório? CSA tem problemas de ordem médica às vésperas de decisão

O Centro de Treinamento Gustavo Paiva, no Mutange, transformou-se em um verdadeiro ambulatório às vésperas da grande final do Campeonato Alagoano. Porém, na maioria dos casos, o problema se resume a um simples resfriado.
Quem primeiro acabou acometido pela doença foi o meia-atacante Cleyton, que, inclusive, entrou em campo, no domingo passado, já apresentando os sintomas da gripe. Agora, também passam pela mesma situação os laterais Celsinho e Rafinha, além do zagueiro Douglas Marques.
Já o atacante Luís Soares – que esteve ausente das últimas cinco partidas – segue treinando separadamente, com foco na parte física. Ele passa por exames nesta quarta-feira, quando saberá se o tratamento da lesão de grau dois na coxa esquerda evoluiu.
O goleiro Mota, por sua vez, ainda sente o tornozelo direito. Porém, ele voltou a treinar nesta quarta-feira e garante que vai atuar no próximo domingo.
– Dá para ir para o jogo – assegurou.
Sobre o fato de ir para mais uma final, agora defendendo o CSA, o goleiro – que foi campeão da Série D no ano passado, jogando contra o Azulão, pelo Volta Rendonda-RJ – disse não esconder a emoção.
– É grande a emoção de disputar outra final, ainda mais agora, diante de uma torcida como a do CSA.
E o elenco azulino sequencia as atividades da semana treinando nesta quinta à tarde e na sexta-feira pela manhã.
Os ingressos para o jogo das 16h deste domingo, no Estádio Rei Pelé, seguem à disposição, apenas do torcedor azulino, nos seguintes pontos de venda: Arena das Torcidas (Farol e San Nicolas), Poly Sport (Centro e Shopping Pátio) e Loja do Azulão (Maceió Shopping).
Os preços cobrados são os seguintes: R$ 20 para a arquibancada baixa, R$ 30 para as arquibancadas altas, e R$ 60 para o setor de cadeiras especiais.
Fonte: Notícia na Mira
COMPARTILHE
Fechar Menu