Sem Rafinha, CSA encerra preparação e divulga lista com 22 relacionados

O CSA está pronto para o jogo mais importante dos seus últimos anos. Na manhã deste sábado, o técnico Oliveira Canindé comandou o último trabalho antes do duelo com do Ituano-SP, pelas quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Rafinha é a única ausência na lista dos 22 jogadores relacionados. O lateral está aprimorando a parte física e ainda não tem condições de jogo. O camisa 6 também ficou de fora da partida em Itu.

Por outro lado, Oliveira Canindé ganhou três jogadores que estavam entregues ao departamento médico: o volante Everton Heleno, o meia Didira e o atacante Marcelo Nicácio. Na entrevista coletiva dessa sexta-feira, o técnico azulino disse que Heleno e Didira jogariam em Itu, caso tivessem condições. Com os treinamentos fechados durante a semana, a escalação só será divulgada minutos antes da partida.

Com a boa atuação no interior paulista, é provável que, mesmo com o retorno de dois titulares, o time seja mantido, com Marcos Antônio e Washington entre os 11. Assim, a formação inicial deve ser com: Jeferson; Denilson, Leandro Souza, Douglas Marques e Rayro; Panda, Marcos Antônio (Everton Heleno), Cleyton, Bismarck e Washington (Didira); Jônatas Obina.

A decisão CSA e Ituano será neste domingo, às 16h, no Rei Pelé. Pericles Bassols Pegado Cortez, da federação pernambucana, apita o jogo. O Azulão pode até perder por 1 a 0 que se classifica. O Ituano avança de fase com uma vitória por dois gols de diferença ou por um, desde que faça três. Um novo 2 a 1, agora para os visitantes, leva a disputa para os pênaltis.

Você acompanha o Tempo Real da partida pelo GloboEsporte.com.

Confira os jogadores relacionados para o jogo decisivo contra o Ituano:

Goleiros: Jeferson e Pantera;

Laterais: Denilson, Rayro e Kelvin;

Zagueiros: Leandro Souza, Douglas Marques e Leandro Cardoso;

Volantes: Panda, Marcos Antônio, Everton Heleno e Elizeu;

Meias: Cleyton, Bismarck, Washington e Didira;

Atacantes: Jônatas Obina, Azul, Jeferson Maranhense, Tiago Chulapa, Katê e Marcelo Nicácio.

 

Fonte: Globoesporte

Fechar Menu